20 de FEVEREIRO de 2017 | Fonte: Tanamidianaviraí

Naviraí - Veículo de taxista tomado em assalto é recuperado pela Polícia Militar

Na manhã de ontem (18), a Polícia Militar de Naviraí recuperou veículo Ford Fiesta Sedan, que havia sido roubado na madrugada do dia 11, de uma taxista da cidade.

O veículo foi encontrado abandonado dentro de uma vala, a beira de uma estrada canavieira do município. Segundo a Polícia Militar, o veículo estava com placas frias (Clonadas) e com algumas avarias, tais como vidro traseiro quebrado e lateral direita amassada.

Com a ajuda de um caminhão guincho da empresa CCR MS Vias, o veículo foi encaminhado para Delegacia de Policia Civil de Naviraí, onde após ser periciado será entregue a sua proprietária.


O ROUBO

Na madrugada do último dia 11, uma taxista de 45 anos, que estava de plantão no terminal rodoviário de Naviraí, foi vitima de assalto e teve seu veículo Ford Fiesta Sedan, placas AVO – 6102, levado por três indivíduos.

Segundo a vítima, por volta das 2h da manhã, ela estava no terminal rodoviário quando um indivíduo com idade entre 19 e 24 anos chegou e perguntou quando sairia para levá-lo até o bairro Vila Nova. Ao informar o valor R$25 00, o individuo disse que só teria R$ 8,00, e neste momento outros dois jovens se aproximaram e disseram que iriam juntos para então dividir o valor da corrida. Um dos jovens que chegaram aparentava ser indígena e menor de idade, e menor de idade segundo a vítima, o outro ela não conseguiu ver detalhes.

Ao adentrarem no taxi, os dois últimos indivíduos disseram que iriam para o bairro Cidade Jardim, sendo que ao chegar ao referido bairro, o que teria aparência indígena anunciou que se tratava de um assalto. A taxista então foi obrigada a ir em direção a BR 163.

Em determinado um dos indivíduos, tirou a vitima da direção e tentou dirigir o veículo, porém não conseguiu e veio a bater a lateral na ponte do Rio Amambaí.  Novamente ela foi posta na direção, e foi obrigada a dirigir pela rodovia sentido a cidade de Itaquiraí, sempre sendo ameaçada de morte pelos autores.
Aos passarem pela rotária que dá acesso a MS 487, eles ordenaram a taxista a adentrar a direita em uma estrada de terra, aonde ela foi deixada a pé, e eles seguiram levando o veículo.

A taxista caminhou até a BR-163, aonde após caminhar por alguns metros em direção a Naviraí, um caminhão da concessionária CCR MSVia, que passava pelo local, parou e a levou até a praça de pedágio, onde ela conseguiu informar o ocorrido para a PRF (Polícia Rodoviária Federal).

O caso foi registrado no 1ª DP (Delegacia de Polícia Civil), de Naviraí, como roubo majorado pelo concurso de pessoas, e segue sendo investigado
.