26 de OUTUBRO de 2017 | Fonte: Assessoria Gabinete Vereador

Vereador Fi da Paiol requer a identificação de servidores públicos municipais

Vereador Fi da Paiol (PMDB)

O vereador Fi da Paiol (PMDB), ingressou com a indicação de n° 190/2017 na sessão ordinária da última terça-feira(17), solicitando que o Executivo Municipal estude a possibilidade dos servidores públicos municipais utilizarem crachás de identificação.

 

De acordo com o parlamentar, o principal motivo da indicação é que a população ao ter acesso às repartições públicas municipais tenham conhecimento do nome e função do servidor público que está realizando o atendimento.

“O crachá possuí funções importantes, sendo o meio pelo qual o servidor se utiliza para ter acesso a locais restritos. Além disso, o seu uso traz segurança para o próprio servidor, pois o quadro de servidores é amplo, sendo assim, a pessoa que esteja portando o crachá garantirá ou não o acesso dela a determinados setores. O uso do crachá permite também que, a população tenha conhecimento direto do cargo e nome do servidor a qual está se dirigindo, podendo, inclusive, representar reclamações direcionadas a aqueles servidores que não prestarem um bom atendimento e até mesmo elogiar os que proporcionam um serviço de qualidade”. Justifica o vereador.  

 

O vereador ainda complementa que “Quando um mau atendimento ocorre nas repartições públicas, a falta de identificação faz com que todos os servidores daquele setor sejam penalizados com criticas devido ao mau serviço prestado por um único servidor, pois o usuário do serviço público não tem conhecimento do nome do servidor que não prestou um serviço ou atendimento de qualidade, e dessa forma, a reclamação acaba atingindo de um modo geral. A identificação é necessária, pois o bom servidor não pode pagar pelo mau servidor”.

 

A indicação do parlamentar vem de encontro com uma das necessidades do município de Naviraí, a identificação visa o controle de acesso e permanência de pessoas em prédios públicos, aumentando a segurança interna e facilitando a identificação dos servidores, o que possibilita a população apresentar reclamações no caso de um mau atendimento.

 

Não são poucos os relatos de servidores que desrespeitam e constrangem os usuários do serviço público, e quando casos como estes acontecem, a maneira mais correta é anotar o nome do servidor que não prestou um serviço ou atendimento condizente com o esperado e registrar uma reclamação     na ouvidoria do órgão competente.

 

A indicação segue agora para o Prefeito José Izauri de Macedo (DEM) e para o gerente de administração, Eduardo Mendes Pinto, que analisarão a viabilidade do pedido.