Reformas em oito unidades de saúde começam e obras seguem até 2024

Pelo menos oito unidades de saúde passarão por reformas durante o ano de 2024 e os investimentos já são previstos pela Prefeitura de Campo Grande.

Por Expressão Naviraí em 21/11/2023 às 16:36:24

Pelo menos oito unidades de saúde passarão por reformas durante o ano de 2024 e os investimentos já são previstos pela Prefeitura de Campo Grande. Uma delas é a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Santa Mônica onde serão aplicados R$ 202.850,83 para trocar o telhado do local. Toda a cobertura será trocada para solucionar as infiltrações e goteiras frequentes dentro da unidade em dias de chuva. Conforme o município, recentemente, as seis UPAs da Capital receberam intervenções desse tipo em suas estruturas físicas. É comum que "chova" dentro desses postos e o Campo Grande News recebe diversos vídeos que mostram a precariedade do telhado nesses locais. Também passará por reforma a USF (Unidade de Saúde da Família) Paulo Coelho Machado, no bairro de mesmo nome. A obra ficará a cargo da empresa ST Serviços em Construção, que receberá R$ 155,7 mil para melhorias no telhado, pintura interna e externa, revisão de toda a rede elétrica e hidráulica, substituição de portas, janelas e mobiliário avariado, além da colocação de novos aparelhos de ar-condicionado. Também fazem parte das reformas que se estenderão até 2024, segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde): as USFs Los Angeles e Cidade Morena e a UPA Vila Almeida, todas já em andamento. Ainda em 2023, a prefeitura pretende começar obras nas USFs Itamaracá e Vila Cox e na UBS Coophavila. Na primeira, o município vai ampliar a estrutura física, melhoras instalações e procedimentos, conforme as normas sanitárias vigentes. O investimento é de aproximadamente R$ 280 mil. Atualmente, a unidade conta com quatro equipes de saúde da família, composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentistas, auxiliares, agentes de saúde e administrativos. Na USF Cidade Morena a reforma é em toda parte estrutural, incluindo telhado, pintura interna e externa, revisão de toda a rede elétrica e hidráulica, substituição de portas, janelas e mobiliário, além da colocação de novos aparelhos de ar-condicionado. O investimento previsto é de R$ 216 mil. Por fim, na USF Itamaracá estão sendo aguardados apenas a homologação do resultado do processo licitatório para que haja reforma geral da unidade, com readequação da estrutura física existente para atendimento das normas vigentes, revisão da cobertura, troca parcial do piso, reestruturação da sala de odontologia, ampliação no número de consultórios de cinco para sete, acessibilidade na unidade, construção de novo abrigo de resíduos e instalação de gradil e pintura interna e externa. O investimento previsto é de R$ 581 mil. Dois próximos anos – Na projeção da prefeitura, para os próximos dois anos estão previstas ainda a reforma e revitalização das seis UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), dos quatro CRSs (Centros Regionais de Saúde), além do CEM (Centro de Especialidades Médicas) e bases descentralizadas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Segundo o secretário municipal de Saúde, Sandro Benites, investir na estrutura das unidades não apenas valoriza os profissionais de saúde, mas também contribui para a qualidade dos serviços prestados à comunidade. "Ambientes adequados e bem mantidos refletem diretamente na excelência do atendimento aos cidadãos, promovendo um ambiente propício para a recuperação e promoção da saúde".

Fonte: CGNEWS

Comunicar erro

Comentários